Alimentos na China


Nos últimos anos os escandalos alimentares na China, tem gerado grandes preocupacoes para o governo e população em geral. Esses problemas alimentares são os ovos falsos que são feitos de resina e cera de parafina, o óleo da sarjeta que é o óleo usado em restaurantes que é reciclado e vendidos como novos, vegetais pulverizados com formol, leites contaminados por mercúrio, espetinhos feito com carne de gato e cloro em refrigerantes. Não é de admirar, que o país está cada vez mais interessado por produtos orgânicos. Para os consumidores chineses, a confiança é a raiz do problema, pois em um mercado que tem diversos problemas alimentarios é difícil de acreditar em produtos que sejam orgânicos, pois os rótulos podem ser falsos e as ceritifcações também. O que os chineses estão fazendo para evitar esses problemas, é alugar uma parte das regiões agrícolas próximos de Pequim e Xangai, e desenvolver alimentos para a própria comunidades da região, garantindo a fonte direta dos produtos saudáveis e seguros. A ideia dessas fazendas não são utilizadas, com a intenção de reduzir o impacto ambiental ou promover a economia local, são feitas para garantir a qualidade e segurança dos produtos comprado por eles.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima