Aprenda importar Vestuário Infantil da China

Os melhores e maiores importadores de roupas são: Estados Unidos, Peru e China, mas, para quem não sabe, as maiores fábricas estão na China, ou seja, com essa informação, é muito mais rentável para seu negócio, importar vestuário infantil da China. Já que, comprando dos outros países, estará adquirindo a mesma peça por um valor maior.

E se você está querendo ganhar um dinheiro extra importando esse tipo de artigo da China. Neste artigo encontrará informações que poderão lhe ajudar a fazer um ótimo negócio e ampliar seus ganhos expressivamente.

Conheça quem está perto de você

Se você acha que a fonte do sucesso da importação está na variedade do que oferece. Está enganado, nada mais importante para o sucesso de seu negócio é saber o que as pessoas que estão próximas à você precisam. Claro, se você tiver uma loja de utilidades, você poderá importar produtos condizentes.

Agora, se está procurando ganhar dinheiro importando vestuário infantil, saiba que o primeiro passo não é saber importar e muito menos revender, mas sim, conhecer o seu possível cliente. Saber o que gosta e o que não gosta para trazer peças que tenham saída rapidamente e que não fiquem encalhadas em seu estoque.

Atente-se para o tamanho de seus produtos

Um grande detalhe antes de começar o seu negócio de importação é atentar para o tamanho das roupas. Como sabemos, cada povo tem uma característica, por exemplo, os orientais costumam ser menores e mais magros, por isso, é necessário ter um conversor de medida para não comprar uma roupa pequena demais para seus clientes brasileiros que, são mais encorpados, digamos assim.

Hoje em dia, devido a grande quantidade de empresários que importam roupas da China, algumas fábricas adotaram conversões de medidas, por isso, ao realizar suas compras, nada melhor do que solicitar a lista de conversões para não comprar um produto errado. Outro detalhe que pode lhe ajudar nesse quesito é o auxilio de um assessor de importação.

Bons fornecedores = boas marcas

Uma boa opção para quem deseja uma importação mais descomplicada (no entanto, sem grandes lucros) é comprar seus produtos das lojas chinesas que contam com sites de venda no ar. Alguns são como o Mercado Livre, onde pode averiguar a reputação do vendedor, qualidade de suas peças ou até mesmo tirar algumas dúvidas.

Aqui, vale chamar atenção para um detalhe muito importante. Às vezes, para termos um lucro maior, ignoramos a reputação do cliente e escolhemos os com valores menores e, consequentemente, com reputações mais baixas. Isso pode parecer uma economia e tanto no momento da compra, mas no momento de revender, verá que acabou trocando seis por meia dúzia.

Atenção para os cuidados legais com a importação de roupas

As importações de roupas pode parecer simples lendo como escrito acima, no entanto, existem alguns ponto de extrema importância que precisam ser observados. Infelizmente, alguns produtos contam com uma fiscalização mais assídua, digamos assim, e as roupas é uma delas.

Para se importar roupas da China é preciso ter uma licença expedida pela MDIC, que lhe permite a importação de produtos do vestuário infantil. E, apesar da complexidade, o processo de solicitação é muito simples, basta procurar um despachante aduaneiro, pagar uma taxa que gira em torno de sessenta dólares e pronto. Detalhe, tudo online.

Outro detalhe importante a respeito da importação de roupas. Para importar esse tipo de produto é necessário que a pessoa tenha uma empresa aberta e ainda, estar registrada no Radar Siscomex. Apenas desta forma conseguirá importar vestuário infantil para fins comerciais, caso contrário, apenas como pessoa física, roupas apenas para seu próprio uso e, desta maneira, é mais recomendável que se compre nas lojas online.

Pense em uma forma de vender

Você sabia que, para revender suas roupas importadas da China, você não precisa, necessariamente ter uma loja física aberta? Pois é, eis uma das facilidades que a internet trouxe para nosso tempo de empreendedorismo de importação. Caso não saiba, é possível vender seus produtos na internet até mesmo por uma página no Facebook. Se não acredite, explore para você ver.

Mas isso não quer dizer que não posso vender para os amigos ou sair distribuindo nas lojas, contudo, nesta forma de comercialização, você ficará preso ao seu raio de atuação, ou seja, não poderá alçar voos mais altos devido às dificuldades geográficas.

E se você quer saber um pouco mais a respeito de como importar vestuário infantil da China, entre em contato que terei o maior prazer em esclarecer todas as dúvidas que surgirem.