Como abrir uma empresa para importar

Quer saber como abrir uma empresa para importar?

Este artigo está repleto de informações valiosas para você.
O mundo é um lugar amplo em tamanho, mas está realmente se tornando um lugar menor no que condiz a globalização.
Quem teria pensado que pessoas comuns (que não têm uma conta bancária gorda) podem agora importar mercadorias diretamente de fornecedores estrangeiros?
Muitos imaginam que o comércio internacional está reservado para o governo e grandes importadores ricos que têm fortes conexões com fabricantes e fornecedores no exterior. Bem, não mais.
Pequenos empreendedores podem se tornar parte do negócio de importação com pouco investimento de capital.
Com as informações contidas abaixo, você também pode abrir uma empresa para importar produtos a baixos preços no atacado e vendê-los por um lucro muito maior.

Como se dá todo o processo de importação

Esse processo tecnicamente é simples: você compra algo a um preço baixo e os vende a um preço mais alto para obter um lucro.
Contudo, maioria dos fabricantes e fornecedores tem um requisito de quantidade mínima de produtos que vai vender para você, a fim de fazer um lucro que vale a pena.
É por isso que eles preferem negociar para os grandes importadores que compram grandes volumes (cargas de contêineres) de seus produtos.
Como você só pode pagar algumas poucas centenas, talvez, a maioria dos grandes fornecedores estrangeiros não aceitará fazer negócios.
Como resultado, você está preso a esse sistema. O lucro que você pode fazer em sua empresa é limitado pelo preço que eles decidem fixar nas mercadorias importadas.
Felizmente, as coisas mudaram. A internet derrubou as paredes que restringiam o acesso a fabricantes localizados a milhares de quilômetros de distância.
Melhorias no transporte e na logística agora permitem que pequenas empresas com pouco capital importem quantidades menores de estoque a baixos custos de remessa.

Muitos dos produtos e fornecedores que estão em alta no mercado são feitos ou baseados na China.
A pergunta mais provável em mente agora seria: Por que a China? Boa pergunta.
Como você já deve saber, a maioria dos produtos no mundo hoje é fabricado na Ásia, particularmente na China. Brinquedos, eletrodomésticos, acessórios, computadores, laptops, telefones celulares e até mesmo os iPads da Apple são fabricados na China.
Além dos produtos alimentícios, a China é a fonte número um de todos os produtos de consumo de alta velocidade e de rápido movimento que você conhece.
É também um dos fabricantes mais baratos do mundo devido aos baixos custos de mão-de-obra e produção. Como resultado, muitas das grandes marcas (Apple, HP, Louis Vuitton, etc) fabricam seus produtos por meio de fábricas e empreiteiros baseados na China.
Para garantir que a qualidade de seus produtos não seja comprometida, os países norte-americanos e europeus estabelecem padrões muito rigorosos, que os chineses geralmente cumprem.
Sabendo desses detalhes, agora veremos como abrir uma empresa para importar e os segredos de encontrar produtos e fornecedores de alta qualidade que atendam aos padrões norte-americanos e europeus.

O que você precisa para começar

Para se juntar à nova e crescente linha de pequenas empresas de importação, você precisaria apenas do seguinte:
• Um computador ou telefone celular com acesso à internet;
• Um endereço de email válido;
• Um endereço residencial ou comercial válido e rastreável em seu país para o qual os itens solicitados serão enviados.
• Um pouco de dinheiro na sua conta bancária.
Isso significa que você pode comprar, pedir e importar todos os produtos que deseja vender no conforto de sua cama, na mesa de um restaurante ou enquanto estiver sentado em um ônibus (pelo seu celular).
Observação: caixa postal não se qualifica como um endereço válido e rastreável.
Com esses requisitos checados, vamos a 8 perguntas que ajudarão você a iniciar sua empresa de importação.

1 – De onde você deve comprar?

Os sites a seguir são nossas principais recomendações como mercados on-line que vendem produtos a baixos preços por atacado:
• Aliexpress.com – Tornou-se o principal destino para importadores de pequena escala que olham para comprar mercadorias a preço de atacado da China.
• DHgate.com – É um site de comércio eletrônico business-to-business (B2B) que conecta pequenas e médias empresas baseadas na China a compradores no exterior.
O site é um mercado de negociação rápido onde os usuários podem encomendar produtos fabricados na China diretamente pelo site. A empresa está no mercado desde 2004 e é apoiada pelos investidores KPCB, JAFCO e Warburg Pincus.
• iPmart.com – Iniciado em 2001, é um enorme mercado atacadista que envia produtos da China, EUA e Malásia.
Ao contrário de Aliexpress.com e DHgate.com, que têm uma vasta gama de produtos, iPmart.com está focada em aparelhos eletrônicos, como telefones celulares, consoles de jogos e suas peças de reposição e acessórios.
Para começar a fazer compras e colocar seus pedidos em qualquer um desses sites, você precisa se inscrever para se tornar um membro registrado. O que não requer maiores documentações ou burocracias.

2 – Como você pode pagar por produtos?

O pagamento sempre foi uma das razões pelas quais era quase impossível para as pequenas empresas importar diretamente de fabricantes e fornecedores estrangeiros.
Os bancos tinham que emitir uma Carta de Crédito ou Garantia Bancária, que freqüentemente envolvia um processo longo e complexo.
Hoje, por meio de sistemas fáceis de pagamento on-line, todos os websites mencionados acima aceitam pagamento por meio de uma ampla variedade de canais.
Você pode fazer uma transferência bancária simples ou pagar com um cartão de crédito / débito. Sim, o mesmo cartão que você usa nos caixas eletrônicos pode ser usado para fazer compras nesses sites.

3 – E se você for enganado?

Golpes e fraudes têm sido um grande problema nas transações baseadas na Internet e no comércio eletrônico há muito tempo.
Contudo, todos os sites que recomendamos a você neste artigo têm alguma forma de mecanismo de ” proteção ao comprador ” incorporado ao processo de pagamento.
Esse mecanismo, também conhecido como é o mesmo papel que os bancos têm desempenhado no comércio de importação e no comércio internacional há muito tempo.
A maneira de proteção do comprador é simples. Em vez de pagar diretamente ao vendedor, o Aliexpress, o DHgate e o iPmart retêm seu pagamento até que você receba os produtos solicitados e confirme que eles não são falsos / danificados.
Não podemos dizer que é um processo 100% à prova de riscos. No entanto, podemos dizer que muitas vezes é improvável que o que você mais teme (ser enganado) aconteça.

4 – Como posso encontrar produtos de alta qualidade e vendedores confiáveis?

Esta é geralmente uma das maiores preocupações que a maioria das pessoas tem sobre a compra de produtos da China.
Ao contrário das rigorosas normas de qualidade e segurança que protegem os compradores nos EUA e na Europa, as pequenas empresas brasileiras muitas vezes são vulneráveis a produtos de baixa qualidade.
Então, como você pode ter certeza de que está comprando produtos de boa qualidade de um vendedor confiável?
É aqui que entra a beleza das classificações de feedback dos clientes.
Se o vendedor costuma entregar como prometido, ele / ela recebe frequentemente mais feedback positivo de clientes satisfeitos.
Por outro lado, se o serviço do vendedor é uma porcaria, os clientes insatisfeitos terão prazer em dar-lhe um feedback negativo que reduza a classificação do vendedor.
Assim, quando você encontrar um produto em que esteja interessado, recomendamos que você analise rapidamente a classificação de feedback do vendedor.

5 – Como os produtos serão entregues a você?

Alguns produtos no Aliexpress.com e DHgate.com vêm com um serviço de “frete grátis” para muitos países ao redor do mundo. O frete grátis é geralmente entregue através dos serviços China Mail Air Post ou Hong Kong Mail.
Embora a opção de frete grátis seja muito atraente, geralmente leva mais tempo para que sua mercadoria seja entregue a você; geralmente entre 15 a 60 dias, dependendo do produto e da sua localização.
Além de um período de entrega mais longo, pode ser impossível rastrear a localização do seu pacote durante todo o processo de entrega.
Se a segurança e a entrega antecipada não forem preocupações sérias para você, o dinheiro economizado por meio do frete grátis pode aumentar significativamente o potencial de lucro dos produtos importados ao vendê-los.
Outras opções comuns para entrega no Aliexpress.com, DHgate.com e iPmart são DHL, EMS e Fedex.

6 – Quais são os produtos mais populares e mais vendidos?

Os sites que revelamos a você anteriormente têm a maioria dos produtos populares e de venda quente que você pode imaginar.
Alguns desses produtos são acessórios de vestuário (para homens e mulheres), eletrônicos de consumo (como câmeras e aparelhos de todos os tipos) e telefones celulares e acessórios (fones de ouvido, carregadores, baterias, etc.).
Não há realmente nenhuma regra dura e rápida quando se trata de encontrar os melhores produtos para importar e revender. Sempre devemos apenas nos basear nas tendências de mercado.
Importe uma amostra de um produto primeiro e descubra quantos de seus potenciais clientes poderiam estar interessados.

7 – Como encontrar compradores para os produtos importados?

A internet mudou toda a experiência de venda e tornou muito mais fácil vender coisas para as pessoas que você conhece e para os estranhos.
Usando uma rede de mídia social popular como o Facebook, agora é possível para qualquer um criar uma loja online de graça.
Tudo o que você precisa fazer é enviar fotos dos itens interessantes que acabou de importar e convidar seus conhecidos para darem uma olhada.
Criar um perfil em redes sociais que exibe os produtos que você importa é uma das maneiras mais fáceis e baratas de abrir sua própria loja online. E o melhor: sem nenhuma burocracia maior.

8 – Quanto capital eu preciso para começar?

Como você vai notar quando você visita qualquer um dos sites que recomendamos, muitos dos produtos à venda são muito baratos.
De fato, quanto mais unidades de um produto você comprar, menor o preço que você pagará; esse é o benefício de comprar por atacado.
E não se esqueça, quanto menor o preço que você paga, maiores os lucros que você pode fazer.
Comece com produtos que custam pouco, mas estão em alta demanda na sua região ou país. Use isso para testar a viabilidade dessa ideia de negócio e aumentar sua confiança.
Comece pequeno e depois cresça gradualmente. Essa estratégia pode levar um pouco mais de tempo, mas é menos arriscada e ajuda a construir sua experiência e confiança.
Agora você sabe como abrir uma empresa para importar… Quando você vai começar?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.