Inmetro e Anatel são órgãos anuentes e para você importar produtos com a certificação desses órgãos é preciso conhecer algumas dicas básicas. Esse post foi feito para tirar essa duvida.

Sabe como importar produtos com Inmetro e Anatel?

Inúmeros empresários saem de seus países e vão para a China, por exemplo, fechar negócios para aumentarem seus lucros e assim, ver sua empresa crescer de maneira sustentável.

É preciso entender que para esses produtos serem nacionalizados, ou seja, terem a certificação necessária para poder ser distribuído da sua empresa para seus clientes é necessário passar por inspeções e a aprovação desses órgãos.

Há também outros órgãos anuentes como, por exemplo, a ANVISA, Aneel, Decex e entre outros que trabalham para que o consumidor tenha a garantia da qualidade e segurança do produto.

Como saber se os produtos precisam da homologação do Inmetro e Anatel?

Bom, é fácil descobrir. O site da Receita Federal disponibiliza um simulador que informa se o produto do seu interesse em importar necessita das certificações do Inmetro e da Anatel.

No portal da Receita Federal algo é observar durante a consulta no simulador é o NCM, que significa Nomenclatura Comum do MERCOSUL, assim é fácil descobrir quais os produtos necessitam da homologação, para poder entrar no mercado e quais são os procedimentos necessários.

Assim restará ao empresário pagar a taxa necessária e cumprir as regras previstas pela lei e importar os produtos, com a aprovação efetivada.

Inmetro: quais exigências para importação?

Na verdade o Inmetro tem uma lista gigantesca de produtos que precisam da sua homologação. Basta fazer uma pesquisa sistemática para descobrir se seu produto vai necessitar de tal aprovação ou não. Cada produto tem seus critérios para receber o selo do Inmetro.

Mas as exigências desse órgão anuente é basicamente no que diz respeito à segurança, visando à garantia de um produto que não ofereça riscos ao consumidor brasileiro. Vale lembrar que alguns produtos necessitam passar pelo teste do Inmetro, e assim, o resultado costuma demorar de três a seis meses para sair.

Anatel: como saber quais produtos precisa de homologação?

A Anatel trabalha observando as tecnologias inseridas nos produtos. Por exemplo, aparelhos eletrônicos que emitem sinais, ou recebem sinais, via Wifi, radio, Bluetooth e afins são o alvo desse órgão anuente.

Outro fator a lembrar de é que a Anatel analisa produtos secundários como alguns acessórios de eletrônicos, como por exemplo, carregadores de bateria para smartphones, cabos elétricos e produtos dessa linha.

Importando produtos com Inmetro e ANVISA

Aqui está algumas dicas praticas para facilitar sua vida, quando for importar produtos que possuam a necessidade de homologação de órgãos anuentes.

  • Nunca deixe de verificar qual o tipo de homologação necessária e qual o procedimento
  • Pague a taxa emitida e cumpra as regras previstas por lei
  • Caso encontre dificuldades para entender o processo, ou se sinta inseguro para agir sozinho, faça uma consultoria para garantir o sucesso do processo.
  • Não deixe de importar produtos, visando sua oportunidade de crescimento empresarial, por causa das burocracias, elas podem ser cumpridas sem atrapalhar o seu objetivo.

Lembre-se que a Destino China tem todo o suporte necessário para que você importe seus produtos com Inmetro e Anatel. Grandes oportunidades estão lhe esperando por lá, então, se preferir deixe que os profissionais qualificados forneçam toda a ajuda necessária.