Como retirar a mercadoria do porto

Este é praticamente um dos últimos passos da mercadoria que importou. Depois de tantos contatos e tanta espera, agora seu produto está para fazer sua última viagem, dos porto para sua empresa. É neste momento que seu produto importado se torna nacionalizado. Alguns empreendedores não dão muita atenção para esse estágio, talvez achando mais simples do que todo os processos anteriores, mas saiba que, isso é um pensamento errado e você, precisa atentar para todo o processo independente de qual seja. Infelizmente, alguns empreendedores fizeram tudo corretamente, mas ao chegar na retirada de seus produtos…

Morreram na beira da praia. E para isso não acontecer contigo, nada melhor do que ler atentamente essas informações de como retirar a mercadoria do porto. Dando atenção e continuando a ver cada processo com seriedade e profissionalismo, afinal de contas, você é um empreendedor, não é mesmo? E para isso, você precisa ter o seu produto em mãos.

Retirada do porto e seus detalhes

Às vezes não damos atenção aos detalhes, mas não podemos esquecer que eles fazem parte de todo processo, para isso, dê atenção para cada detalhe que esteja relacionado a como retirar a mercadoria do porto. O processo ainda não está finalizado. Veja abaixo alguns cuidados importantes para três detalhes essenciais para seu sucesso com importação.

Atente-se para o frete

Geralmente corremos atrás de cada necessidade quando realmente é eminente a sua necessidade, não é verdade? Com suas mercadorias não poderá fazer isso. Você não pode deixar para contratar o frete depois do desembaraço de seus produtos. Essa questão deve estar resolvida bem antes dessa situação. E sabe por que? Por que não estamos falando de um simples frete, estamos falando de algo mais complexo e que precisará de sua atenção para resolver tudo que for necessário.

Geralmente a carga fica no porto durante sete dias, pelo menos até o desembaraço estar resolvido. Quanto a data, o despachante aduaneiro te avisará, quando estiver com esse data, corra para resolver suas pendências e deixar tudo encaminhado para retirar sua carga sem dores de cabeça. As cargas costumam sair com dois ou três dias depois do final de desembaraço, mas se você estiver com tudo resolvido e acertado, provavelmente poderá sair com seu investimento no mesmo dia.

Atente-se para o seguro de sua carga

Lembra do seguro que fez no início da trazida de seus produtos? Pois é, ele deixa de valer quando a mercadoria chega ao país destino, por isso, você precisará fazer um novo seguro para sua carga. Você pode até achar que é um gasto desnecessário mas, nada melhor do que se precaver e se proteger de todas as maneiras, ainda mais nesse último processo e, aparentemente mais simples, que é o transporte da carga do porto para sua empresa. Alguns imprevistos podem acontecer em solo nacional, como por exemplo: roubo, desvio, avaria, extravio.

E a única maneira de nos protegermos disso é realizando um seguro de nossos produtos para que estejamos protegidos contra essas eventualidades. Quando contratar uma transportadora para levar seu produto, contrate também o seguro de carga e se por ventura, a transportadora informar que o seguro está incluso, questione sobre qual é a cobertura. Algumas transportadoras contam apenas com seguro contra roubo, caso for esse o caso, negocie com eles a cobertura completa.Alguns empreendedores que estão iniciando suas atividades, acabam contratando serviços de carretos de amigos para buscar suas mercadorias no porto. Isso é uma forma de economizar algum dinheiro, entretanto, é preciso chamar atenção para os eventos inesperados que possam acontecer, com uma transportadora você estará protegido completamente. Às vezes, o barato pode sair caro.

Atente-se para o contêiner

Esse é um detalhe importantíssimo. Se você comprou um contêiner inteiro, com certeza a empresa transportadora levará esse contêiner para você descarregar. Mas, e depois? Quem levará esse contêiner de volta? Por isso, quando estiver negociando a entrega de suas mercadorias, será preciso negociar a devolução do contêiner também, caso contrário, ficará de sua responsabilidade devolver aquele imenso involucro que, com certeza não caberá na garagem de sua casa. Claro que tudo isso depende do volume de sua importação.

No caso de produtos que não dê para encher um contêiner, sua mercadoria ficará separada e despachada em um caminhão baú para sua empresa. Neste caso, não haverá necessidade de negociar a devolução. Espero que tenha gostado desse novo artigo de como retirar sua mercadoria no porto. Mais uma vez pedimos atenção para esses detalhes importantes. Os riscos que pairam sua mercadoria não estão somente no país de origem, no caminho para chegar ao país destino.

Os riscos continuam do porto até sua empresa. Boa sorte!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.