Como se ferrar com importação: 3 passos infalíveis

 

Você não quer se ferrar com importação, não é mesmo? Mas esse post foi criado para ensinar, caso queira.

 

Ironias à parte, quando falamos em dicas para se ferrar com importação, é claro que é um modo de alertar os clientes para estarem fazendo as coisas certas. Ninguém quer ter surpresas desagradáveis na importação, e é por isso que este artigo serve como um grande alerta.

 

Importar da China está cada vez mais comum. A qualidade dos produtos chineses aumentou e a China vem ganhando freguesia do mundo inteiro. E você que está lendo este texto é bem provável que está procurando cada vez mais informações sobre importação.

 

Faz muito bem buscar conhecimento, pois vai descobrir como se ferrar com importação. E por incrível que pareça, não é muito difícil. Basta esquecer um detalhe aqui, outro ali, que logo estará bem ferrado (desculpe a expressão, mas é para entender a gravidade da situação), de fato.

 

Não importa qual a estratégia que está adotando para importar, o negócio é não se ferrar. Se você está comprando pela internet, se está conversando com uma Assessoria, ou se viajou para as feiras comerciais, essas dicas são ideais para você.

 

Para se ferrar com importação, siga os 3 passos

 

Lembre-se amigo, que estou no mais alto nível de ironia, não faça nada que esse curto tutorial ensina, combinado?

 

  1. Fechar o negócio antes da pesquisa: Este é o passo matador para um prejuízo irremediável! Para se ferrar com importação, comece a negociar com um fornecedor, sem sequer saber a sua idoneidade, seja pela internet ou outras maneiras, passe seus dados e ainda feche o pedido. Não se esqueça de enviar o dinheiro, hein?! Este é o primeiro grande passo para se ferrar com importação. Vale lembrar que “antes da pesquisa” significa não pedir para ninguém fazer a inspeção dos produtos, da fábrica e do embarque.
  2. Esqueça os documentos: Eles não são tão importantes, não é mesmo? Então para que se preocupar. É mais fácil ficar reclamando de toda burocracia que existe no Brasil, e não verificar se os documentos emitidos pela China está tudo em ordem. Deixa chegar aqui para ver, somos brasileiros, sempre damos um jeitinho. Esse é o segundo passo para se ferrar, e é o que a maioria prefere fazer.
  3. Não habilite o radar Siscomex: Se você nunca ouviu falar disso, está de parabéns, esse é o ultimo e infalível passo para se ferrar. No entanto, nem procure saber o que é. Lembra que é mais fácil ficar reclamando? Então, para que ficar preocupado com essas parafernálias? O importante é que a mercadoria já está vinda, o que acha de relaxar um pouco?

 

Para não se ferrar, veja o que a Destino China faz por você

 

A Destino China não quer que você se ferre durante a negociação, e nem depois dela, então aqui está cinco dos nossos serviços e temos certeza que aumentará o seu aproveitamento nos negócios e não vai se ferrar com importação.

 

  1. Suporte na viagem: ajudamos nas reservas de hotéis e disponibilizamos automóvel no aeroporto.
  2. Suporte durante a Canton Fair: temos tradutores profissionais que hão de contribuir para suas negociações, a ainda contamos com serviço de acompanhamento vip.
  3. Reuniões: claro, visando bons lucros e negócios futuros.
  4. Planejamento de negócios: auxiliamos com as informações e serviços necessários para que tenha êxito em sua viagem.
  5. Dicas: desde hotéis, restaurantes e lugares para visitar, visando a melhor locomoção possível e bastante conforto para nossos clientes.

 

Até logo! Lembre-se do tutorial de como se ferrar com importação!