Pronto, já decidiu que vai começar a importar produtos da China e quer saber mais sobre o custo de importação? Então o primeiro passo é definir o ramo que vai atuar.

Está cada vez mais comum ver os comerciantes entrando no mercado chinês para aumentar o lucro dos negócios. O mercado da China está atraente e o país tem se atualizado bastante, principalmente com tecnologias, o que tem facilitado o progresso da expansão dos produtos da China pelo mundo inteiro.

A credibilidade com os produtos da China também está aumentando. Antes o comercio tinha certa rejeição e a China era conhecida por fabricar produtos falsificados e de baixa qualidade. No entanto, hoje é possível importar da China tranquilamente, pois essa rejeição tem caído bastante e os produtos são ótimos. Os custos da importação não atrapalham os empreendedores nem o ramo que atuam.

Um dos motivos dos compradores optarem também pelos produtos chineses é o fato da qualidade chinesa ter aumentado. Combinando isso como a acessibilidade ao mercado, como por exemplo, através das enormes feiras comerciais, um ótimo preço e grande variedade de fornecedores, o mercado dos produtos chineses tem crescido bastante no Brasil e no mundo.

Ainda há grandes preocupações com o custo da importação, isso não significa que seja inviável, mas faz parte do procedimento. Para começar a pensar nos custos, é preciso definir em que ramo vai atuar.

Como definir o ramo de atuação: 4 passos matadores

Entenda os passos para definir o ramo que vai atuar e assim descobrir os custos de importação.

  1. Tenha empatia: Procure algo que você tenha empatia. O que estou querendo dizer é que para definir um ramo para atuar, você precisa entender sobre os produtos do ramo e se identificar. O ideal é ter experiência, mas se não tem, pesquise e conheça o máximo que puder.
  • Pesquise o mercado: Fazer uma consulta em empresas já existentes pode ser uma ótima opção. Conhecer o gosto da maioria, seu estilo de vida, a renda média das pessoas e quais empresas estão funcionando na região e quais produtos que estão oferecendo nas lojas. Esse é o primeiro passo para você definir em qual ramo trabalhar. Enfim, descobrir o potencial que esse negócio oferece.
  • Enxergue as oportunidades: Identificar oportunidades que ninguém está percebendo é um passo gigante na definição de um ramo para atuar. O diferencial é que vai definir o seu sucesso.
  • Viabilidade: Caso o mercado esteja muito saturado ou o produto de seu interesse não seja do interesse dos potencias clientes, significa que o ramo que está cogitando não tem viabilidade. Como essa pesquisa é mais técnica, procure consultores com experiência na área, como por exemplo, o SEBRAE. Isso ajudará a definir o ramo que vai atuar.
  • Planejamento: Planejando você vai conseguir descobrir os custos da importação, bem como outros detalhes essenciais. No entanto, não deixe de fazer seu planejamento, anotando tudo o que se refere ao orçamento previsto, formas de atuar, quantidade de estoque, as datas previstas para receber a mercadoria, enfim, todo o seu negócio deve ser planejado.

A Destino China é uma empresa que pode abrir seus olhos em tudo o que se refere ao mercado de importação da China. Desde o planejamento até a ordem de compra, nós acompanhamos tudo para que haja sucesso em seus negócios. Se ainda está preocupado com o custo da importação e qual ramo atuar, nós podemos lhe ajudar muito.

Esperamos ter lhe ajudado e desejamos sucesso para você!