Guia de fábricas da china Conhecimento de fábrica da China acompanhado de um guia

Guia de fábricas da china

Guia de fábricas da china – Você sabe por onde começar a importar?


Neste post você vai encontrar um norte para começar a importar direto das Fábricas Chinesas, seja na internet ou presencialmente. Confira!

Quem decide importar da China acha milhares de opções para importação – compatíveis com o volume populacional do país, a dúvida acaba sendo por onde começar, como separar o joio do trigo. Logo, quando compensa importar direto de fábricas na China? É importante ter em mente que elas não trabalham com estoque de produtos, e sim com um número mínimo de pedidos, geralmente em grande quantidade ( de 50 a 1000 itens, a depender do produto).


Sites online

A internet é uma boa aliada para achar o fornecedor ideal, investindo menos capital ou para quem deseja pesquisar e ter uma boa base do que procurar presencialmente. Ainda assim, no primeiro caso, é aconselhável pagar por um serviço trading, ou seja, um serviço que fará o seu papel em avaliar produtos, inspecionar a fábrica, realizar o pagamento e embarcar sua mercadoria. (Nós da DestinoChina podemos indicar pra você)

A maioria das plataformas vão auxiliá-lo bastante ao organizar as fábricas em filtros de “melhor qualidade”, “entrega”, “garantia” , “melhores avaliações” e contato direto com fabricantes. Porém, a estrutura do site não garante 100% de êxito, vai depender de como você vai conduzir e analisar a negociação. Para tal, pesquise e esgote sobre as informações acerca dos produtos que deseja e analise se quem conversa com você entende do assunto, insinue fazer uma inspeção no local, compare preços.

Lembre-se de fazer uma apresentação em inglês identificando você e sua empresa como interessados em importar e atente-se para o fato dos navegadores chineses bloquearem  sites estrangeiros e então, solicitar o orçamento.

A maioria desses sites oferecem o Goldmember pago e não como uma conquista, contudo , não julgue o fornecedor que falta o selo, muitos não veem necessidade de investir em marketing por não ter contato direto com o consumidor final. Logo, explore o site, interaja com o ele, compare os produtos e se possível, procure saber se alguém importa dele próximo a você.


Por que não uma lista de fornecedores?

As listas poderiam até serem úteis antigamente, num passado com pouco acesso a internet. Todavia, hoje possuir uma lista de fornecedores trata-se de simplesmente elencar aqueles que mais fornecem as mesmas mercadorias para todos importadores ,o que dilui a concorrência, pois o consumidor encontrará o mesmo produto em todas as lojas que for.

Por esse motivo que o aconselhável é explorar as páginas indicadas de acordo com o objeto de venda que deseja importar, para então procurar o fabricante, assim o importador oferecerá maior variedade se comparado com o mercado brasileiro, além de poder negociar por um produto mais compatível com o que procura.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima