Importar produtos de pele da China

Dá para importar produtos de pele da China?

Um dos assuntos mais buscados na página do Google hoje em dia é: como ganhar dinheiro extra com importação de produtos da China. Um assunto que, ainda, divide opiniões. Mas será que é realmente possível ganhar dinheiro importando produtos da China? Quais produtos importar? O que preciso saber para entrar nesse ramo de atividade?

Nada mais comum do que existir diversas dúvidas acerca desse assunto e, a função deste artigo que estou escrevendo é justamente desmistificar algumas informações que acabaram se tornando uma espécie de lenda urbana quando o assunto é importação de produtos da China. 

É verdade que os produtos da China são de baixa qualidade?

Essa é uma questão e um medo que muitas pessoas tem em relação com os produtos industrializados na China. Bom, não podemos que tudo neste mundo evolui e, tudo que evolui, consequentemente melhora. E com os produtos criados na China não poderia ser diferentes.

Atualmente, as indústrias chinesas aprenderam a trabalhar com uma demanda maior de produtos. Eles sabem que isso é uma necessidade para o próprio crescimento, afinal de contas, ninguém quer comprar produtos de baixa qualidade.

Pelo contrário, as pessoas querem pagar pouco e ainda ter algo funcional e de boa qualidade e, hoje em dia, isso é possível ter nos produtos chineses, entretanto, claro que um ou outro apresentará uma avaria ou até mesmo danificar durante o transporte.

Para você ter uma ideia da importância que os fabricantes chineses estão dando para seus clientes, eles mandam 10% a mais de mercadorias justamente para compensar a possibilidade de algum defeito ou coisa parecida.

É possível importar qualquer produto da China?

Sim, é possível importar qualquer produto da China, porém, nada melhor do que investir em algo necessário e que pode se tornar uma tendência, como por exemplo, produtos para a pele. É algo que é muito buscado e que pode trazer ótimos ganhos para seu negócio.

Claro que, para esse tipo de produto é necessário de um cuidado especial. Assim, alguns produtos precisam ter o selo da Anvisa para poderem ser importados corretamente, produtos pessoais devem ter essa liberação, caso contrário…

Isso vale também para os remédios, entre outros produtos voltados para a beleza e cuidados. Já para os demais produtos, como móveis, enfeites, relógios, entre outros produtos, não tem necessidade de vistoria de um órgão especializado para garantir o bom funcionamento. Quer dizer, em alguns brinquedos, é até possível encontrar alguns registros.

Mas qualquer pessoa pode importar produtos da China?

Sim, qualquer pessoa pode importar qualquer produto da China, contudo, é preciso definir para que fim terá sua importação, por exemplo, se você vai importar para uso próprio, poderá realizar sua importação como pessoa física, agora, se você tem intenção de ganhar dinheiro em cima dos importados.

Existe um limite de compra para pessoas físicas que não podem passar de três mil dólares incluindo os impostos, já para as pessoas jurídicas, esse limite é bem maior, para falar a verdade, não existe um limite de valores. Claro que os impostos serão cobrados pelo valor de sua compra.

Como importar produtos da China sem saber nada a respeito?

Isso é possível e até recomendado para empreendedores que necessitem de segurança. Antes de falarmos sobre isso… Você pode entrar em contato diretamente com os chineses e negociarem suas compras, no entanto, existem algumas barreiras que podem prejudicar a negociação: o idioma.

Para realizar uma boa negociação, nada melhor do que dominar o idioma nativo do país, mas, digamos que você consegue falar bem inglês e o chinês também, mesmo assim, vocês terão dificuldade com determinadas palavras, por isso, falar o idioma típico pode ser um grande diferencial.

Outro detalhe, sobre a qualidade dos produtos. Hoje, existem diversas empresas produzindo na China e, algumas delas, realmente dão mais atenção para despachar o pedido do que com seu funcionamento, mesmo com os 10% de produtos enviados a mais. Por isso, conhecer um fornecedor de confiança é importante para realizar um negócio de sucesso para você.

Para importar produtos de pele da China, nada melhor do que um profissional

Para essas situações, nada melhor do que você investir em ajuda profissional. Atualmente, existem muitos brasileiros que atuam no mercado chinês como intermediadores de negociações. São eles que levarão você aos melhores fornecedores e o melhor, ainda lhe darão toda assistência necessária para uma importação segura.

Afinal de contas, eles estarão em contato com o produto que está importando. Eles poderão comprovar se tudo está de acordo com as normas, se estão funcionando e ainda, negociar descontos, algo que os chineses gostam, mas, em seu próprio idioma e dentro de sua cultura. Além disso, um assessor de importação pode ajuda-lo com os complexos documentos que devem ser preenchidos.

Contratar um profissional pode ser um gasto a mais para seu negócio?

Pode. Entretanto, é preciso colocar os prós e contras na balança. Caso faça por si próprio, você terá que esperar por meses de ansiedade para ter seu produto em mãos e, sem mencionar a possibilidade de encontrar alguns defeituosos.

Agora, com um assessor, você terá a tranquilidade de uma boa negociação, de produtos de qualidade e ainda a certeza que toda documentação está dentro das condições legais de ambos os países, afinal de contas, caso exista alguma discrepância nesse setor, seus produtos podem ficar presos no porto.

Bom, é isso aí, espero que tenha gostado desse artigo e que tenha aprendido um pouco mais de algumas necessidades importantes para começar a ganhar muito dinheiro com importação de produtos da China. Qualquer coisa é só entrar em contato que terei o maior prazer de tirar mais alguma dúvida que apareça. Boa sorte!

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima