Novo processo de importação Renovação no processo de importados na China

Novo processo de importação

Novo processo de importação

O processo de importação assim como a economia mundial, passa por mudanças e este segmento de comercialização feito entre países, teve uma nova modificação. Confira neste artigo, qual é o novo processo de importação e os benefícios que ele propõe para o importador.

Cuidamos de tudo para você

O objetivo dessas alterações é modernizar e desburocratizar o comércio exterior do Brasil. Estas novas regras possivelmente vão estar valendo em 2020 e futuramente, as importações serão feitas pela DUIMP, a Declaração Única de importação.

Claro que este novo sistema, será implantado aos poucos, sendo ainda utilizados em paralelo, a Declaração de Importação (DI) e a Declaração Simplificada de Importação (DSI).

Uma das mudanças será o direito de uma licença de Importação (LI) para mais de um embarque de mercadorias.

Através da DUIMP, será possível embarcar quantas vezes for preciso e será descontado o saldo conforme a utilização. Também haverá mudança na armazenagem da carga. O controle de cargas será feito no módulo CCT do Siscomex.

Isto quer dizer que as zonas primárias e secundárias serão responsáveis pela logística da carga, se ainda está nas zonas e se não, deve informar para onde foi. A mercadoria só deverá permanecer nas áreas alfandegárias à pedido de algum órgão ou pelo próprio importador. 

Esta ação vai diminuir o tempo em que os produtos ficam parados, obrigando o importador a ter gastos com esse armazenamento.

A DUIMP vai disponibilizar um serviço onde pode ser feito o cadastramento de produtos, o que vai ajudar a criar futuramente uma padronização para poder avaliar melhor os riscos da importação. Será possível anexar imagens, fotos e manuais.

Isto vai diminuir o risco de multas por especificar com mais clareza os produtos importados. 

Outro benefício do novo processo de Importação é a possibilidade de importadores, agentes de carga e despachantes trabalharem ao mesmo tempo em um único processo de Importação sem um ter que esperar pela conclusão do trabalho do outro.

Este paralelismo vai permitir que a RFB faça a análise do processo até antes dos órgãos aduaneiros envolvidos na importação. Os pagamentos de tributos e taxas será centralizado para conferência e pagamento em um único órgão. Isso vai facilitar e reduzir erros em relação aos mesmos que pode dar prejuízo.

O despacho sobre águas já é usado em importações mas não são todas que usufruem dessa vantagem que será abrangente e disponível para quase todas elas.

A reunião das informações das ações de profissionais diferentes trabalhando em uma única Importação, em um único sistema, pode gerar transtornos no início de seu funcionamento.Mas com um planejamento onde este risco é esperado, é possível amenizar ou até eliminar problemas recorrentes a este novo processo de Importação.

A Destino China tem mais de 10 anos de trabalho em território chinês onde assessorados importadores em todo seu processo de compra de produtos estrangeiros. 

Nossos profissionais sempre estão atualizados com as mudanças no setor aduaneiro e tem o planejamento de Importação certo para se encaixar perfeitamente no perfil da sua empresa.


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi, como posso ajudar?
Rolar para cima