O que fazer em Hong Kong?

O que fazer em Hong Kong?

Hong Kong comumente é conhecida pela sua paisagem cheia de prédios e por ter uma das maiores densidades populacionais do planeta. Quando for visita-la, não espere apenas oportunidades de compras e uma ótima culinária, mas ali também terá uma verdadeira aula de história sobre a colonização do oriente.

Lugares para ir

Hong Kong possui inúmeras atrações, por isso, reserve alguns dias para se perder pela cidade. Sempre tenha olhares atentos, e não deixe de observar até mesmo as paredes que são verdadeiros murais com grafites imperdíveis.

Caso aprecie história e essa mistura entre ocidente e oriente que é a China, não deixe de ir ao Sham Shui Po, um dos distritos de Kowloon. Lá você poderá vislumbrar a arquitetura tradicional chinesa, se arriscar em experimentar uma sopa de cobra, ver o mercado de tecidos e ir ao Templo Taoísta Sam Tai Tze. O distrito vale uma longa visita, reserve um bom tempo para ir até lá.

Um dos locais que você poderá conhecer a cultura de Hong Kong são nas corridas de cavalo, que ocorrem principalmente aos domingos na região de Sha Tin. Normalmente são lotadas de expectadores e vale a pena para ver a tensão dos apostadores e até mesmo arriscar-se em uma ou outra aposta.

Lugares para comer

O café da manhã chinês é conhecido como Yao Lei, que pode ser composto de sanduíches bem recheados, ovos fritos, macarrão, chá… Em um beco pelas ruas de Hong Kong você pode ter uma experiência saborosa e incrível. Estamos falando de um pequeno buraco na parede em uma ruela que corta da rua Long à rua Russell. Para localizá-lo, procure a loja da Tiffany, você encontrará o beco há um quarteirão e logo você avistará o local, sempre com filas. Lá você consegue comprar um belo café da manhã a preços acessíveis e saboreá-lo em uma das cadeiras e mesas do restaurante pela rua.

Atenção, ali você não terá cardápio em inglês, mas vale a arriscar-se a experimentar um novo sabor.

Outra sugestão de onde apreciar a comida local é no bairro Sai Wan Ho. Ali você não encontrará inúmeros turistas. Mas vá com fome para poder comer o máximo que puder em diferentes locais. Entretanto, por lá também não espere que todos terão um cardápio em inglês.

Lugares para comprar

Em Hong Kong existem inúmeros brechós, obrigatórios para quem deseja fazer economia e para quem quer conhecer um pouco mais da cultura contemporânea de lá. Não deixe de entrar neles, você encontrará roupas em ótima qualidade e de marcar a valores extremamente baratos. Os brechós são divididos muitas vezes por temas, ou seja, em um você encontrará peças somente do Japão, em outros somente dos Estados Unidos. Assim, vale a pena a visita e uma boa procura por uma peça especial e de qualidade que ficará de recordação de sua visita a Hong Kong.

Dicas de ouro

Hong Kong é uma divisão administrativa da República Popular da China. Isso faz com que muitos de seus nativos identifiquem-se antes de mais nada como de Hong Kong, não como da China. Afinal, Hong Kong possui um chefe de governo próprio. Por isso, se estiver por lá e algum nativo não se identificar como chinês, não se assuste nem queira fazer um longo debate sobre o tema caso não domine a política chinesa.

Conclusão

Para uma imersão na cultura de Hong Kong indicamos que entre em contato com a Destino China, lá você poderá adquirir serviço exclusivo de intérprete ou de guia especializado em sua viagem. Assim desfrutará de tudo o que a cidade pode oferecer e conhecer o que um turista comum não teria acesso. Faça uma viagem segura e inesquecível!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.