Cidades na China: Descobrindo o tamanho da cidade na China

A população de Xangai varia entre 25-35 milhões, dependendo de onde você olha. (Aqui e em outras grandes cidades chinesas, obter estatísticas precisas da população pode ser assustadora, devido a técnicas de censo imprecisas e grandes populações de trabalhadores migrantes). Na verdade, é preciso apenas um vislumbre do horizonte da cidade Lujiazui sobre o rio Huangpu para que você perceba que você está em uma das maiores cidades do mundo.

A capital mais importante e mais longa da China, Pequim é provavelmente a cidade mais estrangeira associada à China. Esta mega-metrópole, no entanto, é mais do que a poluição atmosférica com a qual a mídia internacional freqüentemente o associa, e então 24 milhões de pessoas às quais pode ser quantificada.

Com milênios da história, Pequim é o sonho de um turista cultural. Se você passa o seu dia a explorar a antiga Cidade Proibida, ponderando sua justaposição com a Praça Tian’anmen da era Mao (que fica ao outro lado da rua a partir daí), ande entre os arranha-céus do distrito de Guomao ou faça uma viagem de um dia para o Great Wall, Pequim tem algo para todos.

1. Pequim
2. Xangai
3. Shenzhen
4. Cantão
5. Hong Kong
6. Shenyang
7. Dongguan
8. Tianjin
9. Wuhan
10. Nanjing

Se você planeja uma viagem ao “País do Centro” (Zhongguó, nome habitual do país desde a queda da última dinastia, a Dinastia Qing) ou quer aprender mais sobre este belo país da Ásia Central, conhecer as maiores cidades da China é quase que missão obrigatória!

A cidade de Dongguan se tornou conhecida como “sangue-suor-fábrica”, pois a única coisa que esta cidade faz bem é explorar o trabalho escravo. Após as leis trabalhistas mudarem no ano passado, metade das fábricas em Dongguan faliu. Se a cidade é verdadeiramente rica, por que não compartilhar parte dos lucros com os trabalhadores migrantes ou desenvolver algumas indústrias de ponta, como empresas de tecnologia ou capital intensivos?

Fui visitar um fornecedor na cidade de Yu Yao e acabei lembrando que tinha um amigo brasileiro que morava na região. Entrei em contato com ele e acabei descobrindo que o fornecedor que eu estava visitando era próximo do escritorio que ele trabalhava.

É interessante visitar cidades que são consideradas pequenas pois assim temos uma visão bem diferente do que realmente é China. Você não pode pensar que a China é somente as grandes cidades com Pequim e Xangai, a China é muito alem disso e você pode acabar encontrando inumeros estilos de cidades. Existe lugares onde são desenvolvidos e outros que não são. Uma das estrategias que eu sempre utilizo para descobrir o tamanho da cidade é procurar por marcas de franquias americanas como Mc Donalds, Starbucks, Pizza Hut e KFC.

Normalmente quando chego na cidade e não nada sobre ela a primeira pesquisa eu eu faço é para saber se tem starbucks, se eu encontrar Starbucks na cidade é uma ótima referencia para saber que a cidade é desenvolvida, caso eu não achar nem uma rede de Starbucks na cidade eu vou para o próximo level, vou atras do Pizza Hut se eu encontro um Pizza Hut eu sei que o tamanho da cidade é médio e não vou passar fome naquela noite, caso também não encontre vou para o proximo level e procuro por Mc Donalds ou KFC caso encontrar uma das duas redes a cidade é considerada pequena mas vou conseguir tomar café da manha.

Todos na China hoje criticam os preços altíssimos da habitação, mas poucos sabem que tudo começou em Hangzhou. Muitos especuladores que fizeram dinheiro fácil com a fabricação de produtos falsificados foram a Hangzhou para conspirar com as autoridades locais e empurrar para cima os preços da habitação. Em certo momento, os preços nesta cidade de segundo nível chegaram a superar Pequim e Shanghai. O exemplo de Hangzhou fez muitos especuladores e oficiais do Partido Comunista Chinês perceberem que a manipulação do mercado imobiliário é um atalho para ficar rico rapidamente e ao mesmo tempo impulsionar as realizações do governo local, ou seja, elevar os valores do PIB, o que alavanca a carreira política das autoridades. Agora, toda a China segue o exemplo de Hangzhou.

Situada em um ponto estratégico às margens do rio Zhu Jiang no sul da China, Guangzhou é um importante centro portuário, o que atrai uma grande quantidade de pessoas em busca de trabalho.

Caso não encontrar nem uma dessas redes, somente os fastfood chines, posso me considerar morto e vou perder alguns quilos durante aquela visita, pois automaticamente a cidade é considerada muito pequena e não tem basicamente nada para fazer e você vai comer comida chinesa basicamente todos os dias no qual é mais difícil do que o próprio trabalho.