3 Razões para Importar Bolsas da China

O mercado de produtos de moda e acessórios está em constante ascensão. Estudos apontam que este é um dos ramos que mais cresce anualmente no Brasil e, com isso, cresce também a busca por produtos de ótimo custo-benefício – o popular bom, bonito e barato.

A China tem se mostrado cada vez mais como a principal referência na aquisição de produtos de qualidade e acessíveis, o que faz a importação chinesa um ótimo negócio.

Se você ainda tem dúvidas se realmente vale a pena importar bolsas chinesas, este artigo é para você. Listamos 3 razões para importar bolsas da China e aumentar muito seus lucros com isso!

1 – A demanda por bolsas é estável

A primeira razão que faz do negócio de importação de bolsas da China algo lucrativo é a constância nas vendas. Por não ser um produto sazonal, ou seja, que vende muito mais em determinadas épocas do ano do que outras, fica mais fácil estimar as vendas e controlar seu fluxo de caixa e, consequentemente, importar e planejar as importações. Esta é uma ótima motivação para que revendedores e comerciantes apostem em bolsas importadas como produtos de varejo.

2 – A margem de lucro é flexível

Bolsas são produtos que atingem diversos públicos e, portanto, há oportunidades em vários segmentos diferentes. Aproveitando a grande diversidade de produtos da China, seu negócio pode apresentar desde bolsas básicas e simples até bolsas de design complexo, luxuosas, com grande valor agregado e margem de lucro maior.

O comércio de bolsas mais básicas, que tem como foco consumidores que prezam por funcionalidade e preço em conta, pode gerar grandes volumes de venda, embora com margem de lucro menor. Nesse quesito, importar da China pode ser uma ótima opção para aumentar a lucratividade e seu foco deve ser o custo baixo de compra.

Já a venda de bolsas de design tem como público alvo fashionistas e consumidores de produtos exclusivos em geral. Nos últimos anos, com o surgimento e crescimento das redes sociais, novas tendências são lançadas o tempo todo. E com isso as bolsas, que antes eram meros detalhes nos looks, tornaram-se protagonistas e objetos de desejo para esses consumidores ávidos por novidades.

Neste tipo de comércio, seu foco deve ser produtos diferenciados e de alta qualidade, com design arrojado ou que siga as últimas tendências de moda. Importando da China você terá a oportunidade de aumentar a margem de lucro, agregando valor em peças que dificilmente serão encontradas no Brasil, o que as tornam únicas.

3 – Você pode estabelecer uma marca própria de sucesso

Até agora você já sabe que a China possui uma variedade imensa de fornecedores e modelos de bolsas, que vão desde modelos básicos até produtos mais luxuosos. Mas você deve estar se perguntando: e as réplicas de marcas famosas?

Importar réplicas, de qualquer tipo, é ilegal no Brasil. Isso significa que há uma grande chance desses produtos serem retidos e apreendidos pela Receita Federal. No caso de revendas, onde há aquisição de várias peças, fica mais difícil ainda sair ileso e, por isso, o risco pode ser grande.

Por outro lado, a China possui diversas marcas e fabricações próprias de bolsas de grande qualidade e baixo custo. Isso significa que é possível importar produtos “sem marca” e personalizá-los, promovendo e fortalecendo sua própria marca. Esse modelo de negócio tem se mostrado altamente lucrativo, pois possibilita a criação de uma identidade única para o seu negócio e a fidelização de clientes.

Para garantir o sucesso, entretanto, é necessário atentar-se à alguns detalhes e assegurar-se de que está importando bolsas da China com a melhor qualidade e menor custo disponíveis. Para isso, é necessário traçar uma estratégia sobre quais tipos de bolsas serão as suas, qual é o fornecedor confiável que irá garantir seu suprimento e qual a documentação necessária para importação desses produtos.

Se você não possui fornecedores e não tem muito domínio sobre os procedimentos legais para importação, a solução mais viável é a contratação de um profissional especializado em importações, que irá prestar consultoria e realizar os trâmites de maneira segura e confiável. Atualmente, existem profissionais especializados em importar produtos da China, muitos deles brasileiros que vivem no local e têm experiência com a negociação, com o idioma e com a documentação necessária. Vale a pena consultar e orçar este serviço!

Após essas dicas, esperamos que você tenha razões suficientes para importar bolsas da China. Esperamos também que este artigo tenha sido útil e ajude a alavancar muitos negócios!