Importação de mercadorias da China

Existem muitas pessoas interessadas na importação de mercadorias da China. Isso se torna ainda mais especial se a importação for mesmo a baixo custo e alto lucro.
A China é o principal parceiro comercial de muitos países. Isso a torna ainda mais atrativa em muitos pontos. Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados na hora de investir nesse tipo de negócio.
Este artigo tem como intenção esclarecer alguns pontos acerca do assunto. Uma boa explanação é o que vai preparar o importador para não ter surpresas desagradáveis ao longo do processo.


As etapas da importação de mercadorias da China
Pesquisar o produto
Este é um passo importante. Não se pode subestimar o quão crucial é dedicar tempo à pesquisa completa. Há uma abundância de variedades e todas devem ser exploradas.
Quais são os produtos pequenos e úteis de baixo custo que não estão prontamente disponíveis? O que as pessoas estão comprando? Reservar um tempo para dar uma olhada no Alibaba é uma boa pedida, já que este é um mercado global completo.
Você terá ideias de quais tipos de itens você pode importar e poderá ver os fornecedores classificados por reputação.


Pesquisar o processo de importação
Depois de identificar o(s) produto (s) é preciso entender os detalhes do processo de importação. Deve-se saber exatamente quais são as documentações necessárias para a importação de mercadorias da China.
O melhor lugar para começar é com o departamento de alfândega. Obviamente, ao estudar os regulamentos brasileiros, é possível verificar se os produtos desejados têm a entrada permitida. Caso contrário, serão aplicadas multas e, possivelmente, ocorrerá apreensão.
Entender os custos
É preciso se certificar de calcular o custo dos produtos. O custo de importação de mercadorias da China inclui o custo do produto, mas também:
• O transporte da fábrica de origem para um navio de carga;
• Taxas alfandegárias;
• Transporte de uma doca para seu armazém;
• Etc.
Não se pode ser pego de surpresa. Essas taxas realmente aumentam os custos e, estar ciente delas antes de fazer o pedido, é essencial.
Depois de todas as negociações feitas e os produtos tendo chegado no Brasil é necessário se certificar de ter a documentação aduaneira correta. É claro que não se pode esquecer de ter o transporte adequado do porto para casa.
Produtos baratos para importação de mercadorias da China
Alguns dos produtos mais baratos para importar da China incluem itens leves. Eles são fabricados com materiais comuns e que podem ser enviados em grandes quantidades. Talvez as primeiras coisas que vêm à mente sejam roupas e têxteis em geral.
Os objetos de plástico também são uma boa opção, já que podem ser comprados mais baratos e vendidos com lucro. É possível considerar a importação não apenas bens de consumo, mas também plásticos usados na indústria e na fabricação.
Produtos rentáveis para importar da China
Existe um cruzamento entre “produtos baratos” e “produtos rentáveis”. Isso ocorre dentro da importação de mercadorias da China sempre que um item é inicialmente de baixo custo, mas pode ser vendido com uma margem significativa.
Os produtos mais rentáveis podem não ser considerados baratos, mas, curiosamente, estão associados a uma margem de lucro alta.


Entre os principais produtos mais rentáveis nesse sentido estão:
• Veículos;
• Ferro e aço;
• Plástico;
• Vestuário;
• Calçados;
• Mobília;
• Equipamentos Esportivos;
• Jogos eletrônicos;
• Brinquedos.
Seguindo algumas dicas básicas, é possível fazer a importação de mercadorias da China economizando tempo e dinheiro. É isso o que fará o negócio realmente valer a pena.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima