Importação de rolamentos

A importação de rolamentos é uma negociação que pode ser feita em qualquer país. Entretanto, é claro, aqui se dará ênfase nos produtos vindos da China.


No processo de importação, deve ser levado em consideração que a mercadoria segue alguns processos e etapas. Assim também é com o dinheiro que se tem que pagar ao fornecedor, que segue processos e etapas correspondentes.
É comum os chineses não confiarem em enviar as mercadorias e não serem pagos. O contrário é a mesma coisa. Quem deseja buscar os rolamentos de fora também não confia em pagar e não receber os produtos, ou com pouca qualidade.
Isso é algo totalmente lógico no comércio internacional e muito mais se for a primeira compra/venda que se faz entre cliente/fornecedor. Para entender um pouco mais acerca do assunto, leia o artigo até o final.


Etapas da importação de rolamentos

As etapas do processo de importação de rolamentos podem ser divididas em duas partes. Uma é a qual a mercadoria circula e a outra é a qual o dinheiro circula.
Parte 1 – A mercadoria
A mercadoria fica pronta para envio no armazém do fornecedor. No caso de trabalhar com preços FOB, deve-se entrar em contato com o transitário e indicar quem é o fornecedor de origem, para que se possa recolher a encomenda.
O exportador chinês é quem se encarrega de despachar a mercadoria na origem e fazer todos os acordos com a alfândega chinesa. Uma vez que o contêiner esteja no navio, é o transitário quem informa a data prevista de partida do navio e da data prevista de chegada.
Por conseguinte, os documentos necessários para expedição na alfândega devem ser encaminhados. É nesse ponto que a importação de rolamentos está quase finalizada.
Parte 2 – Dinheiro (pagamento / cobrança do valor da mercadoria)


A forma de pagamento mais usada no comércio internacional são cartas de crédito ou créditos documentais. Essa é uma forma de pagamento feita através de bancos e regulamentada por padrões internacionais.
O banco não paga ao fornecedor se ele não tiver todos os documentos de importação em ordem. Dessa forma, pode-se ter a “tranquilidade” de que pelo menos os dados entre os diferentes documentos terão consistência. Se tudo estiver correto, a instituição financeira pagará ao fornecedor, e este, despachará a mercadoria.
Já a carta de crédito na importação de rolamentos segue outros critérios. Uma vez que os preços estejam claros e todas as negociações fechadas, o fornecedor solicitará a abertura da Carta de Crédito a seu favor para começar a produzir.
Depois que várias operações de importação de rolamento são realizadas com o mesmo fornecedor, todo esse processo na China fica bem mais simplificado. Depois de um tempo com os fornecedores habituais, alguns até aceitam a transferência direta quando a mercadoria está no navio.
Uma vez que o empreendedor esteja interessado em expandir seu conhecimento sobre importação de rolamentos na China, recomenda-se uma pesquisa mais aprofundada. Não se pode ingressar em nenhum tipo de negócio sem prévia instrução para não ter nenhuma surpresa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima