O papel dos pais na educação infantil na China

Hoje, diversas pesquisas já mostram que escolas em que há participação ativa dos pais tendem a propiciar melhor desempenho escolar dos alunos e a reduzir os níveis de indisciplina e de violência. Como pai e educador, diria aos pais que não deixem de participar da vida escolar de seus filhos. É preciso ter a educação como um valor familiar. Demonstrar interesse e acompanhar a vida escolar dos filhos pode contribuir não só para melhorar o desempenho escolar deles, mas também seu desenvolvimento pessoal e social.

Apesar de parecerem tarefas simples, a pesquisa “Atitudes pela Educação”, divulgada em 2014 pelo movimento Todos Pela Educação, mostrou que ainda é muito pequeno – em torno de 12% – o grupo de pais e responsáveis realmente comprometidos com vida escolar das crianças e jovens.

A primeira forma de educação que a criança recebe é a doméstica, proveniente dos pais, espelho e referência na tenra idade. Portanto, o comportamento na primeira infância vai refletir as atitudes da família. Uma família desestruturada por brigas constantes, pela droga ou o abuso do álcool, sem dúvida, será responsável pelas primeiras manifestações da criança no âmbito das relações inter-sociais e no campo dos primeiros passos da socialização. Um menino ou menina de comportamento tímido e retraído, com dificuldade na aprendizagem e no relacionamento com os colegas,pode indicar problemas originados em casa.

De fato, se as primeiras habilidades são apreendidas em casa, os pais são uma espécie de professores naturais, se assim podemos definir, legitimados pelo respeito dos filhos. Assim sendo, a escola tem a obrigação de não só valorizar a parceria com os pais (os primeiros mestres), como buscá-la e incentivá-la como um procedimento dialógico da pedagogia.

Vou falar um pouco sobre as crianças na China, elas desde cedo vão para a escola e normalmente o periodo de estudo varia das 7:30am até as 5:30pm não importa a idade mas esse é o horario que eles ficam na escola. Fora as materias como inglês, matematica a escola ensina educação moral e valores que um cidadão normal precisa ter, no qual é basicamente uma lavagem cerebral feita nas crianças desde cedo de acordo com as regras do partido comunista.

As crianças desenvolvem sua identidade aprendendo a conhecer o que gostam em seu ambiente, sua maneira de se vestir, de se relacionar com os outros e com o mundo. Para que elas desenvolvam uma identidade própria, os pais, os primeiros influenciadores, devem sempre estar atentos a essa construção de identidade e o que ela pode apontar.

De fato, se as primeiras habilidades são apreendidas em casa, os pais são uma espécie de professores naturais, se assim podemos definir, legitimados pelo respeito dos filhos. Assim sendo, a escola tem a obrigação de não só valorizar a parceria com os pais (os primeiros mestres), como buscá-la e incentivá-la como um procedimento dialógico da pedagogia.

Mais de metade das crianças na china que vivem em cidade grandes moram com os seus avos enquanto o seus pais trabalham.

Desde 1979 a China criou uma politica do filho único e a maioria das famílias só podem ter um filho, caso eles tenham o segundo filho eles correm o risco de pagar multas muito alta para o governo, caso não pago a criança não tem direito de ter registro de nascimento.

A comida oferecida para as crianças são basicamente duas uma é um mingal feito de arroz que eles comem basicamente o dia inteiro e dentro eles colocam peixes, carnes ou feijão e o famoso Jiaozi que é os bolinhos com carne ou vegetais normalmente eles são fritos ou cozidos. As crianças tem dois feriados grande no ano um que é o feriado nacional que normalmente é comemorado no dia 01 de outubro e o ano novo chines que é no inicio do ano de acordo com o calendário lunar.

Outro fato interessante que muitos estrangeiros ficam chocados quando vem para a China é que os bebe chineses normalmente não utilizam fraldas, a bermuda ou calça deles tem um rasgo na bunda no qual facilita para a criança fazer necessidades em qualquer lugar e a qualquer momento.

Um dos motivos que os chineses utilizam esse tipo de fralda é que eles acreditam que a fralda atrapalha o desenvolvimento da criança e faz mal para a pele do bebe, então eles acabam utilizando essas calças pré historicas nos bebe e eles acabam fazendo necessidade onde bem entender.

Há um sábio provérbio africano que diz que, para educar uma criança, é preciso toda uma aldeia. Não terceirizem a educação de seus filhos. Sobre isso, o Papa Francisco é enfático: “Chegou a hora de os pais e as mães voltarem de seu exílio – porque se autoexilaram da educação dos próprios filhos – e recuperarem suas funções educativas, reapropriando-se de seus papéis insubstituíveis”.O tempo é único e não volta. Portanto, pais, façam a sua parte, educando, acompanhando a vida escolar e cuidando bem de seus filhos.

Considerando que as famílias têm o maior impacto no crescimento das crianças pequenas, é fundamental que elas estejam ativamente envolvidas nos esforços do programa escolar que promovem o senso de identidade e o desenvolvimento geral de seus filhos.