O que fazer na China?

O que fazer na China?

A China é um dos destinos obrigatórios para qualquer aventureiro. As suas rápidas transformações no século XX proporcionam paisagens únicas que misturam uma tradição milenar a modernidade. Não pense e não tenha o preconceito que a China é somente exploração de trabalho com pessoas amontoadas encobertas de poluição.

Muito pelo contrário, você poderá entrar em contato com uma natureza completamente diferente, visitar inúmeros templos, conhecer tradições que datam de séculos antes de cristo e, obviamente, realizar inúmeros compras a preços acessíveis.

Natureza

A China é uma mistura. Ao mesmo tempo em que ainda preserva a Grande Muralha da China, pode-se ver inúmeros arranhas-céus que em inúmeros país do ocidente você jamais verá. Soma-se a isso, a incrível natureza, como, por exemplo, a Praia Vermelha, em Panjin Shin, onde uma grama vermelha cresce fazendo uma paisagem incrível.

Já em Chongqing você pode ver três pontes naturais, entretanto, são de difícil acesso pois o turismo na região não está muito bem desenvolvido. Mas é uma vista espetacular.

E para quem ainda insiste que a China é cinza, em Huanglong você pode ver piscinas naturais que saem em meio a floreta e as montanhas e vão desembocando uma na outra. Uma paisagem mágica que passou a ser conhecida como “Terra das Fadas”.

Compras

Muitas pessoas vão a China em busca das compras. Se for o seu caso não deixe de ir a Pequim e a Hong Kong, lá você encontrará marcas famosas e em alguns locais brechós que valem a pena a visita e uma boa vasculhada para encontrar peças em preços ainda mais acessíveis. Não deixe de comprar lembranças de cada cidade pela qual passar, por exemplo, em Guangzhou não deixe de tomar e comprar chá; em Xian, há as pinturas feitas a mão que fazem referência a dinastia Tang; em Yiwu não deixe de ir ao mercado de atacado, mesmo que não compre nada, pois dificilmente encontrará algo no varejo, vale a pena a visita para ver as negociações e tentar encontrar algo que possa levar.

Comida

A culinária chinesa também é uma atração a parte. Não pense que irá comer somente yakissoba, mas poderá experimentar inúmeros tipos de macarrão com diferentes caldos e em diferentes cidades.

No café da manhã você já sentirá a diferença, onde há inúmeros pratos com várias combinações possíveis. Não deixe de tomar a sopa de wonton.

Se for a Pequim, também coma o tradicional pato da cidade. Normalmente limpo pelos próprios cozinheiros e enchido como um balão por meio de assopro, o que lhe dá uma maior maciez.

Ainda em Pequim, também encontrará espetos de insetos, entretanto, não são da culinária diária do chinês e mais atração para turistas. Já em Hong Kong não deixe de experimentar a rã, muito apreciada pelos moradores locais e que pode ser encontrada em vários restaurantes. Vá a Yueyang e também experimente os pratos de cobra, muito apreciados no país.

Lembre-se que a comida na China sempre terá uma dose a mais de pimenta do que você provavelmente estará acostumado.

Dicas de ouro

Caso vá a inúmeras cidades, utilize o trem sempre que possível. É possível viajar a noite para economizar no tempo.

Visitar a China é uma experiência única para qualquer pessoa, independente de qual seja o objetivo. Para ter uma experiência ainda mais agradável, conhecer mais ainda e ter acesso a locais onde um turista regular jamais iria, não deixe de entrar em contato com a Destino China, clique aqui para o seu atendimento.

Você contrata do Brasil ao planejar sua viagem um guia especializado, sem precisar perder tempo quando chegar no país para procurar o serviço. Também possuímos tradutores, tanto para negócios como para turismo que podem lhe ajudar nessa viagem única. Não perca tempo e tenha uma experiência incrível.

Marcações:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.