O Chinês pode criar minha própria marca

O Chinês pode criar minha própria marca

Hoje em dia o forte comércio chinês diversificou suas operações, sendo possível o brasileiro criar sua própria marca na China, é uma possibilidade real tanto que existem várias empresas chinesas que fazem esse trabalho.

Bicicleta, roupas, boné, telefone com sua marca é possível fazer na China. Vamos pegar o exemplo de uma bicicleta a ser fabricada com a sua marca, obviamente criada na China. Os chineses têm um produto padrão para todos os clientes, a diferença é que terá o adesivo com o nome da sua marca.

O Chinês pode criar minha própria marca

Eles têm o parâmetro de uma quantidade mínima de produtos que seria para compensar a impressão de adesivos, de caixas e toda a logística digital ou física de materiais que serão utilizadas para sua marca ser anexada naquela bicicleta.

Todo custo para gerar um volume na elaboração da etiqueta da sua marca é considerado. Pode acontecer o caso de o fornecedor Chinês não aceitar criar sua marca no mercado, por não ser conhecida. No caso de ser uma marca grande da qual você tem um volume gigante, a negociação certamente vai acontecer.

O Chinês pode criar minha própria marca

Isso porque os distribuidores chineses pensam em parceria a longo prazo e não algo rápido visando somente aquele volume recente de mercadoria que tenham sua marca.

O empresário chinês quer uma produção constante e mensal da sua marca. Ele pensa em grandes quantidades. No caso do cliente quiser fazer algo em torno de 10 mil, 20 mil itens não seria viável. Já um volume de 100 mil, 200 mil é possível serem feitas com a marca que o importador deseja, mas normalmente os custos ficam por conta do cliente.

Acima de tudo, apesar de ser um procedimento simples, coloque no papel todos os custos para avaliar se realmente vale a pena, criar sua marca com os chineses.

O Chinês pode criar minha própria marca

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima